DESTINO: LINHA 308 / DESTINATION: LINE 308


O COLETIVO 308 tem como objetivo estimular distintas formas de pensar a Arte, através da produção coletiva e a intervenção nos espaços.

The collective group COLETIVO 308 has like objective to stimulate distinct forms to think about Art, through the
collective production and the intervention in the spaces.


quinta-feira, 29 de abril de 2010

ARQUIVO 308

Mais algumas imagens do 308 em seu início e  a transição para o espaço do novo atelier.Um forte e coletivo abraço para todos que estiveram conosco até aqui.

8 comentários:

ArteSão Contemporâneo disse...

ô danadão!!!!
adorei esta família...grande, bela,
amada, plural e coletiva.

obrigado a todos que fizeram e fazem parte dela.

Alê você é realmente um grande cabeça e incentivador-mor de toda esta família.

beijos grande amigo-camarada


...e Babenco que se cuide!

li disse...

Nossa, muito bacana o vídeo!

muita saudade de vcs!

mas sempre acompanhando pelas janelas virtuais.

Grande abraço!

Aline

Vermelhos Graves disse...

Fico imensamente feliz por aparecer nas fotos, por ter estado presente em alguns momentos importantes do grupo e por me sentir parte dele, mesmo que “emocionalmente”...
Um beijo grande a todos!
Carla Passos

CÉSAR KCHA disse...

Que video mais loco, uma coisa tão singela, bonita;
me emociona muito, a escolha da musica foi ótima.

Alexandre Gomes Vilas Boas disse...

Obrigado todos pelo carinho.
Aline por sua gentileza sempre conosco. Serjão, por sua modéstia, (você também é parte e pedra fundamental disso tud, César pelo companheirismo e a amizade do 308!
E Nini, por ser o meu amor e fazer parte também dessa história, sempre muito presente!
Beijos para todos!

Paulo Jorge Gonçalves disse...

engraçado...nunca estive ai realmente. mas ao ver fiquei...muito emocionado.
um beijo a todos. venho acompanhando as postagens e ver apssar um resumo assim. senti saudade de algo que não vivi
beijos a todos
PJ

coletivo 308 disse...

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade
É servir a quem vence o vencedor,
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade;
Se tão contrário a si é o mesmo amor?
Luís de Camões


Saudades de todos.
beijos

Alexandre Gomes Vilas Boas disse...

PJ! Já tava achando que você estava cjhateado com a gente! Voc~e sumiu!
Saiba que você É parte de nossa história também!!!
Sua participação em nossos propjetos foi fundamental para acreditarmos na força do grupo.
Um grande abraço e beijo de todos do 308.

Marcelão, obrigado pelao poema do Camões, é de fato, uma bela prova de amor!
Abração meu amigo.


Alexandre,Coletivo 308